Amigos do jazz + bossa

sábado, 31 de março de 2012

MUDAMOS PORQUE JACARÉ PARADO VIRA BOLSA E CAMARÃO QUE DORME A ONDA LEVA! NA MORAL, CHEGADO!


Faz algum tempo que eu venho pensando em mudar o enfoque do blog. Afinal, o jazz, enquanto música, já está morto e enterrado. Ninguém mais se interessa por essa música de velhos e para velhos. Por isso, pensei em dar uma rejuvenescida, variar o cardápio musical e conquistar novos fãs para este espaço. O resultado é um novo blog, que a partir de hoje vai se chamar “Arrocha o buriti”, e que nasce com a pretensão de ser a nova casa do forró universitário, do funk, do tecnobrega, do pagode, do kuduro, do axé e do sertanejo universitário.

Chega daquela coisa vetusta, hermética, paradona e baixo astral que é o jazz. Aqui você vai encontrar a rapaziada que vem fazendo a verdadeira música brasileira da atualidade, como Aviões do Forró, Alexandre Pires, César Menotti & Fabiano, Cláudia Leite, Limão Com Mel, Bruno & Marrone, Calcinha Preta, Chiclete Com Banana, Asa de Águia, Exaltasamba, Luan Santana, Bello, Gaby Amarantos, Sarajane, Katinguelê, Banda Calypso, Valeska Popozuda, Tiririca, Ivete Sangalo, Victor & Léo, Paula Fernandes e Bonde do Tigrão.

Para celebrar essa guinada qualitativa e quantitativa, o primeiro astro a ser enfocado é ele, o Furação Louro do Mato Grosso: Michel Teló, o Rei das Festas! Com a sua levada irresistível, ele foi até capa da revista Época e já colocou pra dançar astros do futebol como Cristiano Ronaldo e Neymar. A juventude e a alegria de Teló são contagiantes e apenas sujeitos mal-humorados e ranzinzas como os Josés Trajanos da vida não apreciam a sua levada.

Espero que os amigos se divirtam com essa nova fase do blog, que radicaliza na proposta de ser o barzinho virtual. Chega desse negócio de barzinho bem comportadinho, com todo mundo falando baixo e ouvindo música careta. Agora, eu quero ver é todo mundo bêbado e dando vexame, por isso o tema do blog vai ser, a partir de hoje, “Beber, Cair e Levantar”, da maravilhosa dupla André e Adriano. Um beijo no coração. Fui!

=========================

Michel Teló (Medianeira, 21 de janeiro de 1981) é um cantor, compositor e multi-instrumentista brasileiro. Fez parte de dois grupos musicais mas foi no Grupo Tradição que sua carreira como vocalista decolou. Cantor desde a infância, Michel se tornou conhecido no ano de 1994, como vocalista do grupo Tradição, os maiores sucessos do grupo, como "Barquinho", "O Caldeirão", "Pra Sempre Minha Vida", "A Brasileira" e "Eu Quero Você", são de sua autoria. Além de cantor e compositor é dançarino e instrumentista de sanfona e gaita.

Em 2008 ele lançou seu álbum de estreia em carreira solo, Balada Sertaneja. O álbum não teve um bom desempenho comercial, e não entrou na parada musical da ABPD, contudo os singles Ei, Psiu! Beijo Me Liga e Amanhã Sei Lá alcançaram posições consideráveis na Billboard Brasil Hot 100. Em 2010 lançou seu primeiro álbum ao vivo, Michel Teló - Ao Vivo que mesmo sem alcançar o Top 20 Semanal ganhou certificado de ouro durante uma participação na TV Xuxa, e foi lançado internacionalmente apenas em 2011.

O álbum gerou três singles o que mais se destacou foi "Fugidinha", seu primeiro single a alcançar a primeira posição na Billboard Brasil Hot 100. O álbum recebeu uma indicação ao Grammy Latino. Em 2011 lançou seu segundo álbum ao vivo intitulado Michel na Balada gravado durante a turnê Fugidinha Tour. O álbum teve um bom desempenho comercial alcançando a sexta posição na Top 20 Semanal ABPD, e a segunda posição no gráfico Portuguese Álbuns Chart sendo certificado de ouro.

O álbum teve como primeiro single "Ai Se Eu Te Pego" que se tornou o segundo número um na Billboard Brasil Hot 100, também chegou a primeira posição na Alemanha, Espanha e Itália deixando para trás grandes nomes da música mundial como Adele, Rihanna, Lady Gaga, David Guetta e Usher.

Ao longo de 2011 Michel fez mais de 240 shows, o mês mais intenso foi em Junho, ele se apresentou todos os dias pelo Norte e Nordeste nas festas juninas. De acordo com a Revista Forbes a turnê "Fugidinha Tour" foi vista por 17 milhões de pessoas, e arrecadou cerca de 18 milhões em 2011. Também foi citado pela revista como fenômeno mundial fato que, para a revista, apenas brasileiros como Ronaldo, Gisele Bündchen e Ronaldinho Gaúcho conseguiram. Também bateu o record ao ter a canção brasileira com maior número de visualizações do Youtube, com mais de 100 milhões de acessos. Ainda em 2011 foi a décima pessoa mais acessada da Google Brasil.

O cachê de Michel está em cerca de 150 mil por show e, ao lado de Jorge & Mateus, Luan Santana, Paula Fernandes e Gusttavo Lima, é um dos maiores cachês do país. Michel Teló é inspirado por artistas e duplas de música sertaneja como Leonardo e Chitãozinho & Xororó, além de cantores da música popular brasileira como Roberto Carlos e Luiz Gonzaga.

Ele declarou que a sua cidade é uma fonte de inspiração para a suas composições. Em janeiro de 2012 o "Jornal o Dia" publicou uma matéria afirmando que o ator Ricardo Tozzi terá personagem inspirado em Michel Teló, e viverá um cantor de música sertaneja, inspirado em um cantor que está fazendo sucesso mundial com o hit “Ai Se Eu Te Pego”. A novela irá ao ar as 19h da Globo, e se chamará “Marias do Lar”.

O músico revelou durante uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo que está negociando uma parceria internacional de peso. O sertanejo vai fazer uma colaboração com o rapper Pitbull no início de 2012. Também comentou que seu grande sonho é cantar com a colombiana Shakira, namorada do zagueiro do Barcelona, Piqué.

Em 12 de dezembro de 2011 Michel revelou à Quem que está recebendo convites para tocar em Portugal, Itália, Suíça, Inglaterra e Espanha. Depois confirmou que está com turnê agendada na Europa, com 12 shows em sete países. A turnê teve 12 shows apenas no mês de janeiro, e passou por três das cincos regiões brasileiras. Ainda teve um show extra no "Verão Show Guarujá" com Ivete Sangalo no dia 06 de janeiro, com público de 12 mil pessoas. As primeiras datas anunciadas na Europa serão os dias 24 e 25 de fevereiro, em Lisboa durante o programa Boa Tarde, da TV SIC em Portugal.

=========================

E que a alegria do casal aí embaixo inspire os amigos do blog a deixar de vez essa história de jazz e os anime a cair de boca no kuduro! Sem preconceito!



40 comentários:

www.amsk.org.br disse...

Querido amigo,

Arrocha o buriti é o máximo ... bom gosto não se discute, só mesmo arrochando o buriti e tudo o mais.
Quanto ao Telô, ainda não descobrimos o tempero predileto do garoto, mas deve ter algum, por enquanto, nada de pratos elaborados, apenas alface e tomate, sem tempero é claro.
Do vídeo, eu tinha que ver, não resisti e assisti tudinho, deu pra rir um bocado, mas a situação em sí, do alcool e de tudo o que ele gera, me entristece ... a todas nós confesso.
Confesso ainda que o jazz não tem nada de certinho, calmo, parado, não na cozinha, portanto nosso querido amigo, toma um café bem forte, tire uns dias de férias, tome um ASS pra pressão e volta logo ao normal tá?

bjs nossos das cozinheiras dos vurdóns, que como adoramos viajar e mudar de ares, esperamos de coração que o buriti floresça em todo o seu esplendor.

Érico Cordeiro disse...

Valeu pela força, amigas!
Essa mudança de rota vai render muitos frutos!
Em breve quem vai aparecer por aqui é a Paula Fernandes, a Ivete e a Cláudia Leite, as nossas Panteras!
Quanto ao casal... Acho que a Ana Botafogo e o Baryshnikov devem estar se roendo de inveja!
Beijo no coração!

Fred Monteiro da Cruz disse...

Érico, meu camarada, esse 1° de abril foi o troço mais engraçado que já li. Quando me deparei com essa figura "Telolúrica" e com aquele coraçãozinho arrochando o buriti, confesso que entrei num acesso de tosse de tanto rir. O texto/comentário/crítica também está muito legal. Que a ameaça de discorrer sobre esse tipo de (digamos, "música") só volte em 1° de abril de 2013 e seguintes. PS.. O casal do "kuduro" detonou no bom gosto e nas evoluções.. mais uma razão pra desopilar. Grande abraço !

SENÔ JÚNIOR disse...

Lembrei-me que graças ao tempo é primeiro de abril. Senti um estranho formigamento quando li uma crítica musical enaltecendo alguns entes da música tupiniquim.Devo confessar que o conteúdo da obra desses artistas citados na matéria é muito aprofundado para minha parca capacidade de entendimento, pois é muito complexo para mim entender a amplidão da afirmação "ai se eu te pego" e "assim voce me mata", pois esse conteúdo obriga-me a buscar abrigo na sabedoria de psicanalistas de renome internacional.Por isso declino da possibilidade de alçar tão alto voo intelectual e continuarei na minha mesmice de apreciar o velho, cansado, monótono e chato jazz e suas variáveis. Grande abraço Érico e espero que o próximo primeiro de abril não provoque em mim esse calafrio terrível que senti ao ler essa matéria.

Érico Cordeiro disse...

Caríssimos Fred e Senô Jr.,
Sejam mais que bem-vindos!
Pois é! Esse negócio de jazz, aqui jazz! Viva o funk carioca: Tá tudo dominado! Eu agora sou chicleteiro!
Como diria o velho ditado, junte-se aos bons e serás um deles!
E falando em psicanálise, em uma postagem futura, farei uma análise psicanalítica reicheana de uma das letras mais intrigantes e inteligentes de todos os tempos, da banda Chiclete com Banana, comandada por nosso Wittgenstein do Axé, o querido Bel:
"Ele não monta na lambreta,
Ele não monta na lambreta,
Ele não monta na lambreta,
Ele não monta na lambreta,
Ele não monta na lambreta..."
Isso é que é lindo!
Chega de mané jazz!
Um beijo no coração dos dois!

Edison Junior disse...

1º de abril! Ahaha, cara, que susto que eu levei no primeiro parágrafo! "O jazz acabou" Primeiro Miles, depois Érico...

Olha, é melhor voltar ao jazz mesmo. Essa mudança de estilo lhe traria um volume maior de leitores na primeira semana, mas institutos de pesquisa sérios indicam que os fãs desse tipo de música não teriam paciência para ler os seus elaborados posts até o fim.

Abraços!

Érico Cordeiro disse...

Grande Edison Jr!
As mudanças fazem parte da vida, ainda mais quando são para melhor!
Vai me dizer que você não acha Frank Aguiar, o Cãozinho dos Teclados, um virtuose muito melhor que o Oscar Peterson?
E o que dizer da voz do Luan Santana, mil vezes mais afinado do que um Johnny Hartman!
Mito axé pra você e um beijo no coração!

Gustavo Cunha disse...

ha ha ha
grande Erico !!

e mandou muito bem com a sensação do swing brasileiro - Michel Teló.
e não é que o garoto manda bem na sanfona ...

aposto que depois desta postagem os produtores já estão viabilizando o duo Teló-Galliano com Jimmy Cobb no triangulo e pandeiro, Pizzarelli no violão 7 cordas e Ron Carter no baixolão

vida longa !!

abs,

Érico Cordeiro disse...

É isso aí, mestre Guzz!
Muito teleco-teco, muita suingueira! Teló Rules!!!!! Carlinhos Brown e Ricardo Chaves forever!
Chimbinha dá de dez em Joe Pass!
Beijo no coração!

PREDADOR.- disse...

Não entendi bem ou você perdeu o juizo??? Se mudou para entrar no esquema da mediocridade musical, fica parecendo político aproveitador e sem caráter, i.e, troca de postura facilmente visando benefícios. O blog está sem a frequencia desejada com as postagens de JAZZ??? O bom jazzófilo e apreciador deste tipo de música deve ser um forte e nunca desistir. Não lí e nem vou ler essa "coisa" que você perdeu tempo em escrever e postar. Estou acreditando que sua atitude ridícula de mudar o enfoque do blog para se didicar ao pior do lixo musical brasileiro seja um tremendo PRIMEIRO DE ABRIL. Caso contrário, mr. Cordeiro, além da minha decepção, tenho certeza que você será condenado a fadado a pertencer ao grupo dos fracos e medíocres que não lutam por suas convicções musicais, igualando-se,comparativamente, como citei, aos piores "políticos aproveitadores", que fazem de tudo para mudar uma situação que os desfavoreça. Lamentável!

Érico Cordeiro disse...

Deixe de radicalismo, Mr. Predador,
Abra espaço nessa sua mente intergalática para a beleza da poesia de Valeska Popozuda, para a sensualidade madura de Sarajane, para a malemolência inzoneira de Mr. Catra, para os neologismos inteligentes de Carlinhos Brown!
É a estética Neymar, que contagia a todos com seu ziriguidum! Até estou usando cabelo moicano e ontem à noite fui assistir a uma apresentação de Lairton dos Teclados - chorei ao ouvir Morango do Nordeste!
Não se apegue a ritmos ultrapassados como o falecido jazz e lembre-se das palavras de Belchior: o novo sempre vem!
Beijo no coração e renove sua discoteca. O novo cd da Banda Calypso e o dvd do Calcinha Preta estão o must!!!!!
Fui!

Thaís Livramento disse...

Visssssssssshhhhhhhhh!!!
Logo no dia em que venho conhecer o blog, recebo a informação de que a Cultura de Massa tomou conta do pedaço?
Que o tipo de música citado meche, remeche, faz a galera requebrar e agita ambientes de festas, não se discute. Mas para os tímpanos apurados (como o meu), saber filtrar cada informação assimilada é mais que fundamental.
Jazz nunca foi meu forte, embora cresci ouvindo. Mas nunca poderá ser comparado a qualquer ritmo que faz referência a par de pernas, bunda, barriga tanquinho (sim, homem que é homem tem que ter uma barriguinha!) ou pinto grande se esnobando, com certeza!
Deixo um big salve 'RaulSeixista' e digo que 'ainda' dá tempo de mudar de ideia e voltar com o foco anterior do blog...
Valeu pela visita e por seguir "Sinais de Mim".
Beijocas!!!

http://sinaisdemimtl.blogspot.com.br/

Érico Cordeiro disse...

Valeu, Thaís!
Junte-se à nossa confraria e venha sempre aqui ao barzinho!
Sabe como é - mudar às vezes é fundamental :-)
Muito axé nesse dia tão especial e vamos colocar a rapaziada pra rebolar! Um beijo no coração!

Piment29 disse...

Vim agradecer a visita ao meu humilde Blog. Passei e vi e segui ... Espero que goste do que vai ler .... Bjus Apimentados ... :)

Érico Cordeiro disse...

Obrigado, querida Pimenta!
Temperando a vida, sempre, não é verdade?
E que você venha sempre aqui ao barzinho, ok?
Beijo no coração!

Edison Junior disse...

Sim! Frank Aguiar é muito melhor que Oscar Peterson! Além disso, ele é o vice-prefeito da cidade onde moro! Pergunta se o OP já foi vice-prefeito de alguma coisa...!?!?

Érico Cordeiro disse...

Isso, isso, isso!
Craque nos teclados, na política, nas letras, nos uivos... e tem muito mais cabelo que o Peterson!
Aliás, o Lairton dos teclados é melhor que o Art Tatum, o Xororó é superior (e muito) ao Charlie Byrd, o Chimbinha toca muito mais que o Wes Montgomery e o Teló é um gaitista muito mais talentoso que o Toots Thielemans. E o Bel Marques canta muito mais que esse tal de Sinatra, além de ser muito mais bonito que aquele magricela!
Realmente, esse tal de jazz não tá com nada!

coimbra disse...

Isso mesmo Mr. Cordeiro,
enfia o buriti na goela dos jazzófilos e manda a Joelma, minha deusa, parar de imitar a Peggy Lee e ser ela mesma.
Ainda bem que você saiu do armário.
Posta ao seu belo estilo uma da Calypso.

Um abraço com 8 foles.

E viva o povo brasileiro !

Érico Cordeiro disse...

Meu ídolo Coimbra!
Ainda bem que você também se rendeu à qualidade das músicas e da estética dessa gente animada, que está mostrando ao mundo o seu valor!
Chega de Cartola e Louis Armstrong! Basta de Ellington e Miles Davis! Ivanildo, o Sax de Ouro, dá de cano de ferro em Charlie Parker! Chitãozinho e Xororó são muito mais afinados que Lambert, Hendricks e Ross!
Tem coisa mais cafona que Modern Jazz Quartet, com aqueles smokings?
O negócio é descontração! Beber, cair, levantar e beber de novo!
Quem precisa de Rita Hayworth e Ava Gardner, se temos Sarajane e Joelma?
A sensualidade brazuca está em alta e temos que valorizar o que é nosso. Viva Latino (sem trocadilho, por favor!).
Saudações axesísticas e um beijo no coração!

Sakura disse...

あなたが嫌いなタートルネックを着続けた冬が終わりそう。僕は自分のために自分の着たい服を着ます。うそじゃありゃぁせんほんまじゃデ。
さくらインターネットのデータセンターに設置した高性能サーバを複数のお客様に共同でレンタルとしてご利用いただくサービスです。パッチ適用などの面倒なサーバメンテンスをする必要はありません。手軽にホームページを開設したい方、ブログをはじめたい方、メールサーバ運用をしたい方等におすすめのサービスです。

Érico Cordeiro disse...

Meu caro Sakura,
Os bons eflúvios da nova música brasileira e de ídolos como Teló e Cláudia Leite ecoam pela Terra do Sol Nascente e fazem com que fãs do oriente venham até este modesto espaço em busca de mais informações.
Deleite-se com os novos astros da nossa música e curta bastante, ok?
Como diria aquele célebre filósofo japonês Fujiro Nakombi: "あなたが嫌いなタートルネックを着続けた冬が終わりそう。僕は自分のために自分の着たい服を着ます。うそじゃありゃぁせんほんまじゃデ。"
Um beijo no coração!

Cordeiro de Faria disse...

Érico querido,
não sei ainda o que aconteceu. Mas, algo aconteceu! Mais ou menos sério e ou mais ou menos grave. Tem caroço aí debaixo desse angu. Negar que Teló, Ivete, Claudinha Leite, Bruno & Marrone, e os outros tantos citados, não tenham valor é burrice. Bonde do Tigrão, Valeska Popozuda. Todos são artistas, com suas artes e talentos próprios, divertem, alegram, e fazem cantar plateias de centenas, de milhares de pessoas. Enchem praças e avenidas, e são aplaudidos freneticamente pela população. Pela “massa”, principalmente.
Tudo bem! Ótimo! Nada contra. Que bom que eles existem e tenham essa força, esse talento, carisma e graça. Nosso povo precisa deles, se diverte com eles. Fica feliz com suas aparições e shows. Nossos governantes também os adoram. Eles os ajudam fortemente. Mantendo toda essa gente dançando, cantando e pulando (“vamos sair do chão...!!!”), a pressão social sobre eles diminui consideravelmente. Prestam-lhes, assim, um grande serviço. Daí o porquê de alguns penarem anos para gravar boas composições, enquanto alguns gravam com toda a facilidade do mundo, coisas que não ligam nada a coisa alguma. Canções que não contribuem em nada para a instrução e cultura da nossa gente. Na medida em que, estas, não os instigam ao estudo e a pesquisa. Enfim, na busca do conhecimento. Boa parte ali é consumida na hora, ou em algumas semanas, e esquecida logo depois. Por falta de qualidade e consistência, não resistem ao tempo.
Pesquisar o que em “..ai se eu te pego...”, por exemplo? Mas, como dizem os apresentadores: “a galera gosta, a galera enlouquece, chega ao êxtase!” E isso é o que vale no mundo capitalista. E tome comercial, para essa mesma galera comprar o que não precisa, com o dinheiro que não tem. Bota no cartão! Faz parte!
Temos muitas obras no cancioneiro nacional, de cultura popular regional, da maior importância e riqueza. Que falam da nossa terra, da nossa gente, da nossa história e das nossas tradições; declamadas, contadas e cantadas por verdadeiros artistas. Muitos, muito simples, formados nas suas próprias regiões, em meio a estas nossas tradições locais. Que não tem voz e nem vez, porque não dão Ibope. Mas, que, dariam se os donos da mídia abrissem espaços para divulgação do que produzem. Quem manda ser pobre, não ser alto, loiro, de olhos azuis, e não ter um carrão para chegar até a avenida paulista, ou nas ruas globais do Leblon? A mídia só investe naquilo que pode ser vendido nos grandes centros urbanos, nas grandes capitais do país.
Enquanto isso, meu querido Érico, o mundo do jazz, da bossa é a maravilha que é! Graças a Deus! Não preciso fazer nenhum discurso, nem para você e nem para os nossos convivas. É só olhar para esse Blog, por exemplo! Para tudo que você já acumulou aqui e que nos enriqueceu tanto. Mais ainda com a contribuição dos comentários e informações postados aqui pelos seus seguidores. O Jazz é meio elitista? É. Para poucos? Sim, não só aqui como no mundo todo. A maioria dos apreciadores são mais velhos? Sim, são! E daí?! Antes tarde... Morto e enterrado? Como, quando, onde, quem disse? Vivíssimo, saudável, empolgante, sem nenhuma caretice, e com muito alto astral. Uma maravilha, uma delícia! Benditos sejam todos os criadores, autores, compositores, cantores, músicos e instrumentistas do mundo do jazz. Benditos sejam!
Estou perplexo, um pouco triste, mas esperançoso! Não há bem que nunca se acabe. Mas também não há mal que dure para sempre! Vou esperar... confiante, e numa boa! Vai passar!
Um forte abraço e um beijo, desse seu tio que tanto te ama. Que acredita em você, que tem fé em você. E que antes de tudo é seu amigo. Amigo de fé e camarada!
Mais um beijo, do Tio Faria

Érico Cordeiro disse...

Querido Tio Faria!
Tê-lo por aqui é sempre motivo de alegria e lisonja!
Mas é que a gente tem que variar o cardápio um pouquinho, dar espaço pra essa gente loura oxigenada mostrar seu valor!
A métrica rica, as sutilezas harmônicas, o instigamento intelectual de canções como Fugidinha e Ai se eu te pego são um verdadeiro tesouro musical!
O jazz é como aqueles velhos filmes de Charlie Chaplin ou Eisentein, um negócio datado, que não empolga a galera e nem tira o pé do chão!
E esse tal de cool jazz então, com aquele povo tocando todo concentradinho, cheio de não-me-toques! Dave Brubeck já era! Tem coisa mais insuportável do que Take Five?
Ainda bem que eu acordei desse transe e despertei para a magia do axé, do pagode...
Tem coisa mais empolgante do que milhares de pessoas tirando o pé do chão?
Quando eu ouço É o bicho, é o bicho, vou te devorar, Crocodilo eu sou, me sinto às próprias margens do Rio Nilo! Axé é cultura. É geografia, até!
Uma letra de Compadre Washington e Beto Jamaica é muito mais emocionante que qualquer coisa que esse tal de Chico Buarque tenha feito.
Imagina só: Carolina fica na janela vendo a banda passar enquanto o trio elétrico agita a galera!!!!
Muita emoção, Tio, muita alegria!
Como diria a minha nova musa, Ivete: Agora é na base do beijo, agora é na base do amor!!!!
E quando tiver um festival de axé aí no Rio, por favor, me avise!
Vou pra primeira fila, tirar o pé do chão e balançar a mãozinha!
Um beijo no coração!
Fuuuuuuuuuuuuuuiiiiiii!!!!!!

figbatera disse...

MAGISTRAL, amigo Érico.
Esse foi o melhor PRIMEIRO DE ABRIL que eu já vi em toda a minha vida.
PARABÉNS!

Nem desconfiava que vc tinha essa veia tão "GOZADORA" assim...

Abração e... até jazz!

Cordeiro de Faria disse...

Vou fechar com o Mr. Figbatera. Isto tudo só pode ser brincadeira do "Caiu no 1º de abril"! Bem engendrado, sim! Estava levando a sério! Afinal, não tenho nenhuma razão para não levar a sério qualquer coisa que Érico diga ou escreva. É homem de bem, de caráter, probo! Mr. Sérgio Sônico disse-me a pouco, com aquela elegância que lhe é peculiar: "Pô, cara... você não tá vendo que é brincadeira, que é sacanagem dele. É 1º de abril, cara... pô!!! Não, não tava vendo não! E quer saber? Meio que ainda não estou... Vou esperar que o próprio Érico confirme ou confesse que era tudo brincadeira de 1º de abril. Abraços fraternais a Mr. Figbatera e Sérgio Sônico. Faria

Érico Cordeiro disse...

Caros Fig e Tio Faria!
Neste dia histórico para o blog Arrocha o Buriti, em que finalmente descobri a minha verdadeira vocação musical, vocês ficam pensando que é brincadeira de 1º de abril?
Estou vivenciando uma catarse, uma revelação!
Bel Marques é meu pastor e nada me faltará!
Já encomendei no Amazon a coleção completa de Rihana, Lady Gaga e da falecida Whitney Houston, pra dar um ar mais internacional ao blog.
Mas sempre com os pés firmes nesse vasto e complexo mundo rítmico e contagiante do axé, do pagode, do kuduro, da lambada, do funk carioca, do sertanejo universitário!
Como diria o grande Sidney Magal, quando a cigana Sandra Rosa Madalena dança, deixa todo mundo maluquinho, maluquinho!
Beijo no coração!

PREDADOR.- disse...

É. depois sou eu que anda tomando muita cachaça Venusiana e caipirinha de Plutão!!! Coisa de louco, o homem "saiu do armário musical" e despirocou. Innaaccrreeddiittáávveelll !!!!

Érico Cordeiro disse...

Ô Mr. Predador,
Dá uma sacada na nova postagem!
Fiz questão de colocar imediatamente após as 12 badaladas, nos primeiros minutos do dia 02!
Espero que você tenha desistido de usar o detonador atômico!
Abração!

Sergio disse...

Eu diria, "nossa, delícia, assim você me mata" pelo humor. Já Predador e Tio Faria, ficam com a 2ª parte "ai se eu te pego, ai ai se eu te pego", no sentido de pegar pra espancar mesmo... O problema é q piada q precisa ser explicada é piada mal contada. Mas a piada foi boa, esses jazzófilos (ô tio faria, o predador, primogênito do zé fernandes fez sentido, mas até tu brutus?).

Érico Cordeiro disse...

Com certeza!
E o Predador ficou indignado! Me comparou até ao Demóstenes!!!!!
Só pra não perder o espírito da coisa, Mr. Sérgio: um beijo no coração! Fui!

MJ FALCÃO disse...

Tudo bem? minha nossa!
Isso de "Arrocha o buriti" se calhar é perigoso...
Boa disposição é o máximo aqui!
E Jazz sempre Jazz mesmo com o tal buriti...

Érico Cordeiro disse...

O buriti está aposentado, pelo menos até o próximo primeiro de abril, minha querida M J Falcão!
Mas eu me diverti muito com essa história!
Grande abraço!

Anônimo disse...

Passei a admirar a veia humorística (ou terrorista???) de meu mais que estimado ÉRICO.
Até para "desancar" a pobreza reinante o amigo é perfeito.
Gostei da postagem, arrepiei-me com tantos e tantos "sucessos" que desconhecia e, por favor ÉRICO, aguardo o nº 2 em abril/2013.

APÓSTOLO

Érico Cordeiro disse...

Pois é, Mestre!
Um pouquinho de bom humor pra desopilar!
Mas já retomamos os trabalhos e tenho certeza de que você curte a arte refinada do Red Norvo, o vibrafonista que é puro bom-gosto.
Grande abraço e em 2013 eu invento outra coisa!

Marco Freitas disse...

Vixe! Chuta que é macumba!

Érico Cordeiro disse...

Valeu, Marco!!!!!
Como diria o Zé Simão, hoje só amanhã!

Marco Freitas disse...

Érico, não sei se alguém já comentou aqui no blog, mas eu acho que podiam arrumar um nome pra essa música que rola no RJ (e no resto do país também), aquilo não é funk nem f...

SENÔ JÚNIOR disse...

Essa afirmação de "Ele não monta na lambreta" merece realmente uma análise crítica profunda baseada nos mais elaborados padrões da psicanálise mundial e ser submetida ao escopo de lexicógrafos renomados e ao microscópio de cientistas de renome, pois trata-se de uma frase, sentença ou oração de uma amplitude impressioante e assaz perturbadora, que colocou os generais de pijama em alerta.

Érico Cordeiro disse...

Cauros Marco e Senô,
Ao primeiro, realmente é um crime chamar essa coisa de funk, um estilo que nos deu caras como James Brown, George Clinton, Isaac Hayes, Curtis Mayfield e outros mais. Acho que melhor que funk essa coisa deveria se chamar "drunk" :-)
Meu caro Senô, reuniremos uma banca de filósofos pós estruturalistas, psicanalistas reichianos, biólogos, arqueólogos, ufólogos e parapsicólogos para tentar destrinchar a as mensagens ocultas nessa pérola!

Anônimo disse...

cheap ativan ativan vicodin interaction - ativan birth defects

Google Analytics